Como tratar nossas clientes no Climatério com Estética

FacebooktwitterpinterestlinkedinrssyoutubevimeotumblrinstagramfoursquareFacebooktwitterpinterestlinkedinrssyoutubevimeotumblrinstagramfoursquare

Olá… atendendo pedidos de profissionais de estética, hoje vou compartilhar um pouco da minha experiencia com tratamentos em mulheres no climatério, sim tratamentos estéticos com programas de protocolos personalizados e uma orientação alimentar que possa ajudar a reposição hormonal de forma natural.

Então, você sabe a diferença entre menopausa e climatério?

Climatério e menopausa não são sinônimos. Climatério é uma fase de limites imprecisos na vida feminina; compreende a transição do período reprodutivo para o não reprodutivo. Menopausa, ao contrário, tem data para começar: a da última menstruação da vida.

Três em cada quatro mulheres, tem sintomas desagradáveis durante o climatério. O climatério nada mais é que o período de transição em que a mulher começa a apresentar declínio da função ovariana com diminuição dos hormônios estrogênicos e uma série de sintomas que acontecem antes e depois da menopausa, que é a ocasião em que a mulher deixa de menstruar.

Neste momento, ocorrem grandes transformações hormonais devido à falta de estrogênio que acarreta em sintomas desagradáveis como fogachos, diminuição da libido, envelhecimento da pele, etc… O estrogênio é também muito importante para a renovação celular. Por isso, quando o corpo começa a sentir o declínio de sua produção, a pele começa a sofrer mais com o envelhecimento. Ai, entra nosso trabalho com protocolos personalizados para esse tipo de cliente. Com uma análise completa das reações estéticas faciais e corporais é possível formular um tratamento específico para cada mulher que agirá muito bem na hidratação e manutenção da pele.

Principais Sintomas estéticos:


Ressecamento da pele;
Aumento de rugas;
Redução do tônus muscular e tissular;
Manchas senis;
Acúmulo de gordura no abdômen;
Ptose mamária;
Pelos no rosto.

O trabalho deve ser focado na hidratação, renovação celular, prevenção das discromias, e melhora do tônus muscular e tissular. Os protocolos devem ser montados baseados nas informações, onde vão ser usados equipamentos de eletroterapia como as microcorrentes que agem na renovação celular, massagens, máscaras, vitamina C, além de outras cosméticos naturais anti-oxidante.

A profissional deve orientar sua cliente a fazer uma reeducação alimentar, e exercícios físicos. Para potencializar o tratamento.

Falando sobre reeducação alimentar ou orientação alimentar você sabe quais são os principais alimentos naturais que podem te auxiliar nos seus tratamentos estéticos para obter mais resultados e ao mesmo tempo amenizar os sintomas do climatério de sua cliente?

Quais são as alternativas Naturais para reposição Hormonal?

Alguns alimentos, nutracêuticos e cosméticos podem muito nos auxiliar. Conheça agora quais são e sua forma de uso.

Zinco:

É um precursor para a progesterona, o balanceador de hormônio para o excesso de estrógeno, e também mantém o sistema imunológico em forma. Pelo menos 25-50 mg por dia é uma obrigação, especialmente se sua cliente é vegetariana.

Linhaça:

Ajuda a aliviar os sintomas do climatério, servindo como alternativa na Terapia de Reposição Hormonal, pois é rica em ácidos graxos, ômega 3, sais minerais e vitamina A. Ela é a fonte mais rica de lignana, que é um composto fito-químico que, pode atuar na prevenção do câncer de mama, pois neutraliza a ação do estrógeno sobre esse tecido e, por apresentar uma estrutura química similar ao dele, podendo ajudar a suavizar os sintomas da menopausa.

Multivitaminas e magnésio

A vitamina do complexo B (50 mg por dia) com vitamina E extra (400-1200 IUs por dia) Mais importante de tudo:. Magnésio. O magnésio é essencial para suavizar oscilações de humor e ameniza os sintomas da insônia. As mulheres precisam de quantidades iguais de magnésio e cálcio.

Fitoestrógeno natural:

Inclua alimentos na dieta diária de plantas que agem como leves estrogênios. Alimentos ricos em phytohormone incluem inhame, tomilho, sálvia, erva-doce, maçãs, aipo e nozes – eles podem ajudar os níveis de hormônio de equilíbrio flutuante.
Os vegetais crucíferos, como brócolis, couve-flor, couve chinesa, couve de Bruxelas, repolho, couve-rábano e contêm uma substância chamada indol-3-carbinol (I3C), que é metabolizado no organismo a produzir diindolylmethane (DIM). Ambas estas substâncias e os estrogénios ajudar a modular foram mostrados para ter alguns efeitos anti-cancer, em particular do cancer da mama.
Incluir fitoestrógenos na dieta. Encontrada em alimentos de soja, sementes de linhaça, sementes de girassol, broto de feijão e leguminosas, como feijão-de-bico e ervilhas, os fitoestrógenos são substâncias à base de plantas que podem ajudar a equilibrar os hormônios naturalmente.

Inhame:

Possui boas doses de betacaroteno, vitaminas B, C, altas doses de cálcio ferro e magnésio. Seu consumo cozido ou mesmo em sucos e receitas tem o poder de melhorar e aumentar a imunidade do organismo, eliminar toxinas e impurezas do sangue, combater os radicais livres que são um dos responsáveis pelo envelhecimento precoce.

Amora:

Ou amoreira (Morus Alba) é conhecida como a planta reguladora dos hormônios por isso atua com bastante eficácia nos sintomas da menopausa: ressecamento da vagina, irritação, ansiedade, nervosismo, memória fraca, dores musculares e das articulações, calores e algumas vezes suores frio, dor de cabeça, diminuição da libido, dificuldades para dormir, depressão, problemas urinários e vários outros benefícios.

Vinagre de maçã:

É muito útil no tratamento de ondas de calor. Vinagre de maçã não filtrada ajuda a regular as toxinas que o corpo está tentando eliminar através da transpiração. Este, por sua vez, reduz a incidência e a intensidade das ondas de calor e suores noturnos. Diluir 1-2 colheres de sopa de vinagre de maçã orgânico e não filtrada em um copo de água, suco de vegetais ou suco de frutas.

Soja:

Alimentos de Soja ajudam no equilíbrio dos níveis hormonais e ter alguma atividade estrogênica e, portanto, pode efetivamente tratar ondas de calor.

Depois de analisar 19 estudos, os pesquisadores concluíram que os suplementos de isoflavonas de soja também pode ajudar, pelo menos ao longo do tempo. Este estudo foi publicado na Menopause: The Journal of the American Menopause Society do Norte em 2012. Tente ter duas porções de alimentos de soja por dia. Isso pode ser dois copos de leite de soja, 200 gramas de tofu. Beba uma vez ou duas vezes por dia até que os sintomas diminuam.

Sálvia:

Um remédio antigo para ondas de calor é sálvia. De acordo com Ellen Phillips, autor de “Tudo o Que Você Precisa Saber Sobre Menopausa,” chá de sálvia pode ajudar a reduzir os sintomas de ondas de calor, em grande medida.

Sálvia contém flavonóides, óleos voláteis e taninos que também promovem a saúde em geral.

Adicione uma colher de sopa de folhas de sálvia fresca (ou uma colher de chá de sálvia secas) para uma xícara de água fervente.

Deixe em infusão por cinco minutos.

Adicione um pouco de limão e mel para o gosto.

Beba este chá duas ou três vezes por dia.

Trevo vermelho:

Esta erva contém isoflavonas de plantas que têm propriedades similares ao estrogênio que ajudam a aliviar as ondas de calor. Adicionar uma ou duas colheres de chá de trevo vermelho seco para uma xícara de água fervente.

Misturar durante 30 minutos.

Beber até três xícaras desse chá de ervas por dia.

Nota: Como o trevo vermelho pode influenciar outros medicamentos, fale com o seu médico antes de tentar isso.

A vitamina E

A vitamina E tem estrogênio e pode efetivamente eliminar ou reduzir a gravidade das ondas de calor em mulheres na menopausa. Ele também substitui os eletrólitos necessários que o corpo perde através da transpiração.

Nota: A vitamina E pode levar de três a seis semanas antes de você notar a diferença.

Vitaminas B

Vitaminas B, tais como B5, B2, B12, B6 e B3,  ajudam a regular hormônios como o estrogênio e progesterona. Além disso, vitaminas B mantem as membranas mucosas da vagina saudável, reduz a depressão, alivia a ansiedade e perda de apetite correta .

Coma alimentos ricos em vitamina B5 como peixes, pães integrais, cereais integrais, legumes, abacate, nozes, ovos e bananas.

Coma alimentos contendo vitamina B2, como leite e ovos.

Coma alimentos de vitamina B12 como produtos de soja, ovos, leite e peixe.

Coma alimentos de vitamina B6 como sementes de girassol, de peru, frutas secas e bananas.

Coma alimentos de vitamina B3, como folhas verdes legumes, nozes, feijões e ervilhas.

Técnicas para Protocolos Estéticos mais naturais:

 Acupuntura

Quando agulhas finas são repicadas em pontos nervosos específicos do corpo, ajuda a liberação de hormônios como o cortisol, endorfinas e serotonina. Esta, por sua vez ajuda a reduzir a frequência e a gravidade das ondas de calor.

Obter o tratamento de acupuntura realizado por um profissional experiente duas vezes por semana durante 10 semanas para notar melhoria na sua condição.

Auriculoterapia e colorpuntura: nutrir a energia Yin do corpo, regular hormônios, abertura e fechamento de poros, etc.

Terapia Floral: fornece base e equilíbrio emocional.

Aromaterapia: Óleos essenciais equilibradores hormonais como o Gerânio e Salvia Esclarea.

Exercícios:

 Mulheres que se exercitam regularmente se sentir melhor no geral, tanto física como mentalmente.

Fazer pelo menos 30 minutos de atividade aeróbica (caminhar, dançar, natação, ciclismo), cinco dias por semana. Também fazer 15 a 20 minutos de treinamento de força duas a três vezes por semana. Outros exercícios recomendados são respiração profunda, alongamento e exercícios do assoalho pélvico.

O que evitar!

Alimentos ricos em gordura e açúcar;

alimentos industrializados e condimentados;

bebida alcoólica;

café.

Se ficou alguma dúvida, deixe nos comentários abaixo. Curta e compartilhe!

Uma excelente semana! Sucesso a todas as profissionais de Estética!

Um grande abraço!

Luciana Marques.

Namasté.

OBS: Ah… não deixe de ler o artigo que ensina a fazer o chá de amora e o elixir de inhame!

Deixe seu Comentário:

FacebooktwitterredditpinterestlinkedintumblrmailFacebooktwitterredditpinterestlinkedintumblrmail