Pele – envelhecimento, acne, manchas, edema e eritemas.

FacebooktwitterpinterestlinkedinrssyoutubevimeotumblrinstagramfoursquareFacebooktwitterpinterestlinkedinrssyoutubevimeotumblrinstagramfoursquare

toxinas

O que o glúten, açúcar, lacticínios e até o vinho fazem a  Pele?

Olá… hoje quero compartilhar com minhas amigas profissionais de estética e naturologia um pouco dos inimigos da  pele.

Você sabe identificar os problema de pele de sua cliente? Sabe que alguns hábitos alimentares influenciam na pele? E que o glúten, açúcar e os lacticínios destroem a pele?

Então… nesse artigo de hoje vou compartilhar algumas informações, que muitas vezes não aprendemos em nossa formação, ou no decorrer do tempo esquecemos.

Neste artigo irei focar a atenção para alguns problemas de pele comuns que ocorrem na face, tendo como referência o livro “Reverse The Signs Of Ageing: The Revolutionary Inside-Out Plan To Glowing, Youthful Skin” da autoria da Dra. Nigma Talib. 

Apesar de ser em inglês, eu particularmente recomendo, é excelente.

São muitas pessoas  com problemas de pele e muitas mais pessoas com graves deficiências nutricionais. Isso porque é muito fácil nos dias de hoje cair na tentação e comer certos alimentos que nos são prejudiciais à saúde. Entretanto, não devemos esquecer que entre outras funções, a pele é um órgão de eliminação, ou seja, está diretamente ligada ao processo digestivo, que por sua vez está relacionado com a alimentação, ou melhor, com a qualidade dos alimentos que ingerimos. A consciência alimentar é de extrema importância para quem deseja manter ou recuperar a boa saúde da pele. 

O pão, trigo, glúten, açúcar, lacticínios e bebidas alcoólicas como o vinho, são alguns exemplos dos alimentos consumidos diariamente por uma grande parte da população, que sem saber estão  prejudicando e destruindo não só a saúde da pele como de todo corpo, acrescentando muitas toxinas que se refletem na pele.

diaita-9-pragmata-pou-kalo-einai-na-min-kanete-pote.w_hr

O que comemos e bebemos tem impacto direto na pele do nosso rosto principalmente. Estudos recentes revelam que nosso rosto é a ponta do iceberg de todos os problemas estéticos e de saúde. Pelo rosto nós profissionais de estética e naturologia podemos fazer um diagnostico do grau da intoxicação da nossa cliente e orientar em novos hábitos e montar programas de tratamentos estéticos detox.

Como todas nós sabemos a  alimentação está na base do envelhecimento e deterioração da pele.  É possível ao primeiro olhar identificar uma coleção de sinais e sintomas resultantes de determinados tipos de alimentos que fazem parte do nosso dia-a-dia. A Dra. Nigma Talib classificou-os da seguinte maneira: “face de lacticínio”, “face de vinho”, “face de açúcar” e “face de glúten”

A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) já há milhares de anos que utiliza o mapeamento da face como forma de diagnóstico, onde cada área do rosto corresponde a determinado órgão ou função do corpo, indicando assim a localização e origem do problema.

“Qualquer distúrbio com a digestão de certos alimentos – podendo haver intolerância alimentar que desconheça ou excesso na quantidade – pode causar uma avalanche de alterações químicas e hormonais que aceleram o processo de envelhecimento interna e externamente com resultados expressivos no seu rosto. Certos tipos de alimentos como o glúten, lacticínios, açúcar e álcool parecem danificar particularmente a pele. Cada um interage com o corpo à sua maneira, contribuindo para o envelhecimento com uma série de sintomas tais como manchas, inchaço, alterações no tônus da pele, linhas finas e rugas prematuras ou flacidez.” (Talib)

A parte do rosto mais afetada, quer seja na testa, bochechas, olhos ou queixo, irá depender da área do corpo que tem estado sob maior influencia da alimentação e das fragilidades individuais de cada um.

Se sua cliente tem a pele do  rosto com manchas de pigmentação escuras, eritema, rugas, olheiras, pele seca, flacidez , edema, ou outro problema de pele, com certeza irá encontrar a sua “Face” alimentar.

Então vamos aprender um pouco sobre esse diagnóstico facial:

Face de vinho
face de vinho

Apesar de sabermos que o vinho tem substâncias benéficas para nosso organismo, se nossa cliente abusa de bebidas alcoólicas ou até mesmo o vinho, existe um tipo de intoxicação e conseguimos ver na face de nossa cliente.

Sintomas: Linhas pronunciadas ou eritema entre os olhos, pálpebras caídas, poros dilatados, a pele desidratada com linhas finas em todo rosto, bochechas e nariz avermelhados, sulcos nasolabiais profundos.

Estas características do envelhecimento podem ser associadas  pelo álcool e são muito comuns em pessoas que gostam de beber um ou dois copos de vinho na maioria das noites da semana ( beber além do recomendado). O álcool desidrata a pele, piorando as linhas de expressão e as rugas. O açúcar que contém também danifica o colágeno, vital para a elasticidade da pele. O vinho tinto como se sabe faz bem a saúde em doses pequenas, deve porém evitar o seu consumo diário.

Eritemas ou sensibilidade na zona do pescoço pode também indicar uso excessivo ou prolongado de bebidas alcoólicas, podendo se fazer acompanhar por exemplo de cefaleia, hipertensão arterial (HTA) e até mesmo irritabilidade.

Bebidas alcoólicas em excesso danificam principalmente o fígado, rins e estômago. Segundo o microssistema facial, poderá desenvolver problemas e alterações de pele nas áreas a volta dos olhos, no nariz, maxilar inferior ou queixo e inclusive na testa.

Face de açúcar

face de acucar

Sintomas: Acne, linhas e rugas na testa, olheiras, rosto com aparência magra e manchas, pele mais fina e de uma tonalidade branco/cinza.

Se a  dieta de sua cliente  é rica em açúcar e hidratos de carbono refinados, como bolos, pão ou arroz branco, que se convertem em açúcar no corpo, a  pele pode ter dificuldades em manter-se jovem. As moléculas da glucose em excesso juntam-se ao colágeno, fazendo com que as fibras leves e elásticas do colágeno se tornem rígidas e inflexíveis (Glicação). Cortar no açúcar pode ter um efeito imediato e duradouro na beleza e saúde da pele do rosto.

É muito fácil ganhar o hábito de ingerir alimentos ricos em açúcar, especialmente durante a noite quando a sua energia está em baixa. É o alimento ideal para fornecer aquela energia rápida e por vezes aquele aconchego de que necessita. O açúcar irá inevitavelmente disparar os níveis de insulina e alterar a pressão sanguínea, porém, tudo que sobe, deve descer, e quando isto acontecer irá sentir desejo de ingerir mais e mais “açúcar”, criando um ciclo vicioso que mais tarde poderá estar na origem de outros distúrbios como por exemplo diabetes, problemas cardíacos e neurológicos. Nos estados avançados, o “açúcar” pode mesmo destruir a elasticidade da pele.

De acordo com o mapeamento da face segundo a Medicina Tradicional Chinesa, a testa (frontal) está associada ao processo digestivo, sendo por isso que a “face de açúcar” pode se manifestar na testa com manchas, rugas e até mesmo acne.

Pode também ser resultado de um desequilíbrio intestinal (sistema digestivo), originando não somente problemas na face como em todo o corpo uma vez que é nos intestinos que se iniciam os processos inflamatórios que posteriormente espalham-se por todo o organismo.

Leia também> Porque nossas Clientes amam o Açúcar

Face de laticínios

face de laticinios

Sintomas: Pálpebras inchadas, bolsas e olheiras debaixo dos olhos, pequenas manchas brancas e edema no queixo e no maxilar inferior.

Qualquer um destes pode ser um sinal de que o corpo esta com dificuldades em digerir a lactose. A intolerância à lactose pode desencadear um processo inflamatório que resulta em pálpebras inchadas, olheiras e manchas na cara. Porém, qualquer um e não é só quem tem intolerância à lactose irá apresentar essas alterações na pele. O leite de origem animal – principalmente o de vaca – aumenta a acidez sanguínea, contém hormonios de crescimento (IGF-1) que causa danos ao ser humano adulto além de queimar as reservas de energia do seu corpo.

O leite animal já há muito tempo  deixou de ser um super alimento – se é que alguma vez o tenha sido – para se transformar em um verdadeiro veneno para a saúde pública. As hormonios e as constantes vacinas e anti inflamatórios fornecidos aos animais para aumentar a produção, passam todos para o leite que você e os seus filhos e nossas clientes bebem diariamente, quer seja no café ou chocolate, no iogurte ou bolachas do lanche, no queijo.

Os lacticínios têm o poder de bloquear a circulação sanguínea e de enfraquecer o nosso organismo. Resultando tanto em problemas de pele como em outras inúmeras situações que podemos evitar e orientar nossa cliente.

Trata-se de um hábito cultural, beber leite e comer pão de manhã. No dos tratamentos estéticos onde orientaremos nossas cliente a cortar esse vício,  pode ser difícil, mas certamente irá sentir e ver as diferenças de uma dieta livre de lacticínios, ou então pelo menos com a redução destes alimentos, não ingerindo-os diariamente.

No rosto o excesso de lacticínios irá manifestar-se principalmente nos olhos, queixo e maxilar inferior, áreas correspondentes aos rins e sistema digestivo, os principais afetados.

Leia Também> Como Fazer Leite Vegetal

Face de glúten

face de glutem

Sintomas: Bochechas com edema e eritemas, pontos negros ou manchas escuras na zona do queixo e pele desidratada.

Apesar de serem poucas as pessoas diagnosticadas com a doença celíaca, muitas são as sensíveis ao glúten, que já foi provado que, nestas condições, desencadeia uma resposta inflamatória do organismo. Fazendo com que o rosto fique com edema, inflamado e com eritemas.

A reação ao glúten afeta diretamente o sistema imunitário, desregulando o delicado equilíbrio hormonal reprodutivo, o que resulta em manchas de pigmentação escura no queixo, área associada aos órgãos reprodutivos.

Pessoas que sofrem com Rosácea Couperose, condição caracterizada pelo vermelhidão nas bochechas, apresentam melhoras significativas simplesmente ao remover o glúten das suas dietas.

O glúten é um dos principais agentes inflamatórios que se encontra no plano alimentar diário da população. O glúten ao atingir os intestinos desencadeia um processo inflamatório conhecido por “febre intestinal” que entra na corrente sanguínea após ser absorvido pela parede intestinal. A pele como órgão de eliminação, acabará sendo o órgão mais prejudicado com todas as toxinas que os intestinos não eliminaram.

Leia Também> Acne: Localização e Significados – Rosácea – parte 3

Preparei essas imagens para você copiar em sua ficha de anamnese ou imprimir, assim facilitará quando você profissional ficar com dúvida sobre as intoxicações alimentares:

diagnostico cara de acucar

diagnostico cara de glutem

Estou preparando mais artigos, para você se manter atualizado, assine minha News, Clique aqui.

Desejo a você uma semana Espetacular!!!

Namasté

Luciana Marques

Deixe seu recado ou sugestão logo aqui abaixo, ficarei muito agradecida!!!

FacebooktwitterredditpinterestlinkedintumblrmailFacebooktwitterredditpinterestlinkedintumblrmail